Zoom: "Queria que cada uma das histórias tivesse uma estética diferente", diz Pedro Morelli

Filme chega aos cinemas em 31 de março

30/03/2016 16h43

Por Iara Vasconcelos

Zoom, coprodução entre Brasil e Canadá, mescla live-action e animação de uma maneira bastante divertida, com três tramas paralelas, mas que se relacionam no final, como numa espécie de "inception". Durante entrevista para o Cineclick, o diretor Pedro Morelli falou sobre a concepção do criativo roteiro e as dificuldades que enfrentou para levá-lo às telonas.

Na trama, Emma (Alison Pill) é funcionária de uma fábrica de bonecas sexuais bastante realistas que acaba sendo influenciada pela estética perfeita de suas criações e resolve colocar implantes de silicone. Ela despeja todas as suas frustrações em seus desenhos, que por sua vez contam a história de Edward (Gael García Bernal), um diretor de cinema em plena crise criativa por conta de um problema sexual que está tirando se sono. Já a modelo brasileira Michelle (Mariana Ximenes), resolve deixar para trás carreira e marido no Canadá para seguir a carreira de escritora. Entretanto, muitos não acreditam que ela seja mais do que um rostinho bonito.

O longa, que foi assumidamente inspirado em Waking Life, do cineasta Richard Linklater, recebeu o aval do próprio David Bowie para usar a música "Oh! You Pretty Things". + Confira a entrevista completa com o elenco

Zoom chega aos cinemas em 31 de março.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus